Professores da Univasf devem decidir sobre greve em uma nova reunião

univasfbomfin

Professores da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) participaram de uma assembleia nesta sexta-feira (29) que deliberou para não adesão à greve nacional. Segundo a Seção Sindical dos Docentes da Univasf (Sindunivasf), uma nova assembleia da categoria está agendada para o dia 15 de junho, no campus de Ciências Agràrias em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

O presidente da Sindunivasf, Clébio Ferreira, disse que 93 docentes compareceram a assembleia realizada no Campus Juazeiro da Univasf e a situação é de um estado permanente de greve. (G1).

1 Comentário

  1. Felipe

    31 de maio de 2015 em 17:09

    Sejamos sensatos, o momento é totalmente inadequado para uma greve dos professores das Universidades Federais. Está claro que isso tudo faz parte de um jogo sujo da oposição, que tenta de todas as formas causar um verdadeiro caos no país devido a crise. Pedir aumento salarial a quem não tem de onde tirar é o mesmo que pedir esmolas a um mendigo… Esse jogo sujo da oposição só irá prejudicar nós alunos, que além de enfrentar diversos problemas diariamente por falta de professores, temos as greves para nos preocupar…

Veja também

Confira a previsão do tempo para esta sexta-feira em Petrolina (PE)

A previsão do tempo para esta sexta-feira (19), em Petrolina (PE) é de sol com algumas nuv…