Petrolina (PE): Cruzes pretas são fixadas às margens do Rio São Francisco em ato simbólico realizado por profissionais da saúde

Em homenagem aos profissionais da saúde mortos e a marca de 50 mil pacientes  que faleceram em virtude do novo coronavírus no Brasil, representantes da Rede Nacional de Médicas e Médicos  fixaram 50 cruzes pretas  no domingo (21), às margens do Rio São Francisco, na Orla de Petrolina (PE).

O protesto carregado de simbolismo também fez cobranças por  melhores condições de trabalho e exigiu proteção e segurança. De acordo com os organizadores, cada cruz fixada, representava mil pessoas mortas no País.  O ato também foi  realizado em outras cidades brasileiras e tinha o apoio de 24 entidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Cabrobó (PE): MPPE recomenda que prefeito e presidente da Câmara de Vereadores instalem ponto eletrônico para frequência de servidores

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio de Promotoria de Justiça de Cabrobó, r…