Metas de enfrentamento ao trabalho infantil para os próximos anos são discutidas em Petrolina

A Prefeitura de Petrolina segue com o compromisso de combater o trabalho infantil na cidade. Com a proposta de traçar metas para o enfrentamento deste problema social para o ano de 2019, nesta quinta-feira (13), foi promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH), uma capacitação intersetorial com profissionais das secretarias de Desenvolvimento Social; Educação; Saúde; Esporte e Cultura, além de representantes do Conselho Tutelar e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Durante o encontro realizado no auditório da Secretaria de Educação, ainda foi definida a Agenda Intersetorial que visa à execução das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (AEPETI), coordenadas pela Secretaria Executiva de Proteção Especial, para 2019 e 2020 e também o planejamento do fluxograma de atendimento das crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil.

Para a secretária executiva de Proteção Especial, Ana Carolina Freitas, o encontro vai contribuir para intensificar e propor melhorias para amenizar esta problemática. “A formação nos ajuda a pensar como podemos enfrentar o problema do trabalho infantil no município. Para isso, é de fundamental importância a participação ativa da rede de enfrentamento, já que a problemática está presente em todas as áreas. Essa capacitação possibilita um maior conhecimento dos profissionais que irão executar os serviços propostos”, disse. A formação foi mediada pelas representantes da empresa PROJESOL, Sandra Almeida e Rita Glicia Teles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Mourão nega impeachment, mas defende ‘freios’ se presidente arriscar o país

O vice-presidente do Brasil, general Hamilton Mourão (PRTB), falou sobre a possibilidade d…