Mãe da garota Beatriz é eleita vice-presidente do PSOL em Petrolina

1

Conhecida por ter a filha, a garota Beatriz assassinada em um evento no Colégio Maria Auxiliadora, Lucinha Mota vai comandar o PSOL em Petrolina. Ela foi eleita neste domingo (5) a vice-presidente do partido juntamente com Rigel Castro, que será o presidente.

Em 2018, Lucinha da Mota se candidatou à Assembleia Legislativa de Pernambuco. Marinheira de primeira viagem e na defesa da pauta da segurança pública, Lucinha teve 16.326 votos, mas não conseguiu uma das 49 vagas da Casa. Apesar de não ter sido eleita, ela foi a terceira candidata da sigla mais votada e há quem diga que ela pode concorrer às eleições municipais de 2020.

1 Comentário

  1. João Melo

    6 de maio de 2019 em 13:22

    Tá no partido errado.

    Partido dos black blocks e radicais. Ligados ao MST, MTST e os comunistas radicias.

    Sai daí mulher.

    Se tu acredita em Deus que diabo tá fazendo aí?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

PSL vai procurar Bolsonaro para tentar reverter risco de saída do presidente

O PSL tenta acertar uma reunião de lideranças do partido com o presidente Jair Bolsonaro p…