Juazeiro é a primeira cidade do interior da Bahia a vacinar policiais militares contra a Covid-19

Nesta quarta-feira (31), a Prefeitura de Juazeiro começou a vacinar contra o coronavírus, em primeira dose, os profissionais das forças de segurança com mais de 50 anos de idade. O município é o primeiro do estado da Bahia a vacinar policiais militares.

O primeiro grupo contemplou os policiais do 3º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC). A lista com os nomes desses profissionais na faixa etária determinada pelo Plano Nacional de Imunização, foi encaminhada pelo comando da PM local.

No primeiro dia, dos 95 policiais militares em atividade no 3º BEIC, 41 receberam a primeira dose da vacina.

Próximas etapas

Além de PMs, também estão incluídos na lista de profissionais das forças de segurança e salvamento da Bahia policiais federais, civis, bombeiros e guardas municipais com mais de 50 anos de idade.

A medida que a Secretaria de Saúde do Município receba novas doses de vacina, deve prosseguir vacinando o público alvo das forças de segurança e salvamento da Bahia.

Quilombolas

Nessa etapa da Fase 1 do Plano Nacional de Imunização, outro público previsto são os quilombolas. A estimativa da população quilombola de Juazeiro é de 1.278.

Nesta quarta-feira (31), foram vacinados em primeira dose, contra a covid-19, 27 idosos acima de 60 anos. A vacinação ocorreu nas comunidades de Lagoa do Salitre, Rodeadouro e Barrinha da Conceição.

“Na próxima semana, as equipes volantes da Sesau seguirão vacinando quilombolas acima de 60 anos e reduzindo a faixa etária mediante o recebimento de novas doses”, explicou a coordenadora de Vacinação de Juazeiro, Renata Moreira.

1 Comentário

  1. Jonas

    1 de abril de 2021 em 21:50

    A PRIMEIRA CIDADE FOI CASA NOVA(BA)

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Butantan volta a ganhar ritmo e entrega mais 1 milhão de doses da Coronavac ao Ministério da Saúde

O governo de São Paulo e o Instituto Butantan entregaram um novo lote de um milhão de dose…