Irmãs que morreram em grave acidente em Petrolina foram enterradas uma em cima da outra, relata vereador

1

“Não tem mais onde enterrar as famílias”, contou o vereador Rodrigo Araújo durante sessão desta terça-feira (27) na Casa Plínio Amorim, referente ao Cemitério do bairro João de Deus, em Petrolina.

De acordo com o parlamentar, Maria Adriana dos Santos e Maria Aparecida dos Santos, duas irmãs que morreram em um grave acidente na última sexta-feira (23), próximo ao Bairro Cosme e Damião, foram enterradas uma em cima da outra.

“É lamentável essa situação, essas jovens foram enterradas uma em cima da outra porque não tinha espaço, isso é muito doloroso, a família já está abalada por conta da tragédia, é preciso um basta”, relatou Rodrigo Araújo.

O Blog recebeu uma indicação aprovada pelo vereador desde maio de 2017, que pede a ampliação do Cemitério Campo da Esperança no João de Deus, mas até o momento a prefeitura não se posicionou sobre o assunto.

“Lá existe uma área que pode ser prolongada, cabendo mais covas, eu fiz minha parte e todos ps vereadores estão preocupados com essa situação. A informação que nós temos é que a prefeitura está analisando para iniciar os devidos reparos”, concluiu. (Foto: Wanderley Alves).

1 Comentário

  1. JP

    27 de novembro de 2018 em 22:28

    Meu Deus que tristeza… Só Jesus pra confortar. O acidente já foi terrível e agora mais essa..

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Polícia Federal indicia 13 pessoas pelo rompimento da barragem em Brumadinho (MG)

A Polícia Federal (PF) indiciou ontem (20) sete funcionários da mineradora Vale e seis da …