Estudante é esfaqueado por colega na UFPE

Estudante de pedagogia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) esfaqueou colega de curso durante briga, no Centro de Educação (CE) da instituição, no campus Recife, na tarde desta quarta-feira (2).

O agressor, identificado como Mateus Silva Alves Pereira, 21 anos, inicialmente foi levado ao Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), mas depois foi encaminhado à Central de Plantões da Capital. Já a vítima, Pedro Henrique de Souza, 18, foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá, na Zona Oeste.

Segundo estudantes e funcionários da UFPE, a motivação do desentendimento teria sido uma briga por causa de uma ex-namorada em comum dos dois. O agredido teria namorado primeiro a jovem e o agressor depois. Eles teriam discutido por causa disso.

A briga começou dentro de uma sala do CE e depois continuou próximo ao hall de entrada do Centro. Havia um grupo de pessoas reunidas em um corredor da universidade para uma atividade ligada à Greve Geral da Educação por causa do contingenciamento feito pelo governo federal, quando o agressor chegou correndo com a faca na mão.

A estudante Hananna Santos, 19, viu quando Pedro foi levado para fora do CE já ferido e ensanguentado. “Nesse momento corri para tentar ajudar porque já fiz curso de primeiros socorros”, disse. O estudante Rodrigo Alcântara, 26 anos, contou que estava esperando o início de uma aula quando ouviu os gritos. “Muita gente correu para perto da confusão, mas como o cara estava armado não tiveram como deter ele. Na hora da confusão nos trancamos na sala, pois ficamos com medo que fosse um atentado”, disse.

A estudante Vitória Rodrigues, 18, diz que a situação expõe a fragilidade do esquema de segurança no campus. “Sei que não tem como a universidade evitar 100% esses casos, pois se o agressor já veio com a faca é porque estava mal intencionado. Mas aqui nos sentimos vulneráveis sobretudo em determinados horários”, disse.

Por meio de nota, a UFPE informou que a Superintendência de Segurança Institucional (SSI) foi acionada para intervir na briga. Os agentes detiveram o aluno acusado de ter praticado o crime e acionaram a Polícia Militar (PM), que seguiu para o local para deter o homem.

De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Pedro sofreu ferimentos no pescoço, boca e ombro. Ele deu entrada na UPA orientado e consciente e passou por exames de raio-X. Mateus Silva Alves Pereira continua prestando depoimento na Central de Plantões. A UFPE informou, ainda, que lamenta o ocorrido e que “será aberta uma sindicância para apurar o caso”. (Folha PE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): 306 mulheres vítimas de violência no primeiro semestre deste ano foram acompanhadas pela Guarda Civil

A Patrulha da Mulher, serviço desenvolvido pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Petrolina,…