Cantor gospel André Valadão gera revolta ao dizer que ‘igreja não é para gays’; Comissão da OAB vai apurar post

1

Para o pastor evangélico e cantor gospel André Valadão, homossexuais não devem frequentar a igreja. Segundo o líder da Igreja Batista da Lagoinha, “cada um (gays e cristão) deve saber o seu lugar”. A afirmação feita no Instagram gerou críticas e polêmicas.

Valadão se posicionou ao responder à pergunta de um seguidor. “Dois rapazes que são membros da igreja estão namorando. Você os expulsa?”, questionou o usuário.

“A igreja tem um princípio bíblico. E a prática homossexual é considerada pecado. Eles podem ir para um clube gay. Mas, na igreja, não dá. A igreja é lugar de quem quer viver princípios bíblicos. Não é sobre expulsar. É sobre entender o lugar de cada um, respondeu o pastor. Após a repercussão negativa, o post foi apagado.

A Comissão de Diversidade e Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Minas Gerais informou, nesta sexta-feira (11), que vai apurar o post do pastor André Valadão. (Diáriodepernambuco)

1 Comentário

  1. Adimael

    14 de setembro de 2020 em 11:14

    E ele está errado? Não!

    Se quer frequentar a igreja tem que seguir as regas que estão lá, e em Rom 1:27 isso está bem claro.

    “E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.”

    Romanos 1:27

    Quer ser homossexual, sem problema! agora na casa de Deus, não! Senhor nunca admitiu isso!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dengue pode fornecer anticorpos contra Covid-19, aponta pesquisa brasileira

Em um estudo que buscou identificar as características da propagação do novo coronavírus n…