APA Petrolina conquista 12 medalhas no primeiro dia de provas do Brasileiro Paralímpico

A Associação Petrolinense de Atletismo (APA) já mostrou sua força logo na estreia do Campeonato Brasileiro de Atletismo Paralímpico, realizado em São Paulo. Na quinta-feira (5), a equipe do Sertão pernambucano conquistou 12 medalhas, sendo 5 ouros, 4 pratas e 3 bronzes.

Após o encerramento do primeiro dia de provas, o presidente da APA, Domingues Rodrigues, fez uma avaliação positiva do desempenho da equipe e demonstrou confiança paras os próximos dias de competição.

“Tivemos um bom começo de campeonato, com importantes conquistas nesta quinta-feira. Em algumas provas confirmamos nosso favoritismo e estamos bem animados para os próximos dias. Acreditamos que vamos aumentar ainda mais o número de medalhas”, afirmou Domingos.

O Campeonato Brasileiro acontece no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, com a participação de 123 clubes. A disputa segue até este sábado (7).

 

Confira a lista de medalhistas:

Medalhas de ouro

– Wanderson Silva – 100 metros (paralisia cerebral);

– Samira Brito – 100 metros (paralisia cerebral);

– Antônio Carlos Mendes – 1.500 metros (deficiência visual total);

– José Rodrigo – 1.500 metros (baixa visão);

– Janisson de Oliveira – 1.500 (lesão ou amputação em um dos membros superiores).

 

Medalhas de prata

– Lívia Nazaré – 1.500 metros (baixa visão);

– José Alves – 100 metros (deficiência em um dos membros inferiores);

– Gabriel Ferreira – 1.500 metros (lesão ou amputação em dos membros superiores);

– Alan Bezerra – 1.500 (baixa visão).

 

Medalhas de bronze

– Antônio Caires – 1.500 metros (paralisia cerebral);

– Gonçalo Rodrigues – 1. 500 (lesão ou amputação em um dos membros superiores);

– Josualdo Silva (deficiência visual total).

A APA Petrolina tem o patrocínio oficial da Elo, patrocínio master da Bayer Brasil e patrocínios da Prefeitura de Petrolina, Ara Agrícola, River Shopping, Tintas Iquine e Vale do Ave.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Até o momento, não há notificação de casos suspeitos da varíola dos macacos no Brasil

O Ministério da Saúde criou uma sala de situação para monitorar o cenário da varíola dos m…