Overdança encerra no sábado (2), 8ª edição do Festival Aldeia Vale Dançar

0

danca

Uma programação com 12 horas ininterruptas de atrações, encerra neste sábado (2), no Sesc Petrolina a 8ª edição do festival Aldeia Vale Dançar. O movimento começa às 13h, em frente ao ginásio com a apresentação do bailarino paulista Iratã Rocha, e vai até as 23h, com a Cena Dançante, que mostra no espaço Cantina o Coletivo por Acaso exibindo a performance Butterfly.

O evento, que foi aberto no último dia 21 com o Seminário Pensamento de um Corpo que Dança e movimentou a região com a oferta de oficinas, circuito itinerante de dança, cortejo Dançando na Rua, mostra de solos, duos e de vídeodança, apresenta ainda neste sábado uma verdadeira maratona dançante. O público poderá conferir gratuitamente um aulão de dança de salão com a Cia Canuto de Dança, seguido da apresentação de grupos de hip hop, quadrilhas juninas, capoeira, samba de véio e o maracatu do Baque Opará.

Depois das 18h, o festival prossegue com o Grupo de Experimentos Amador de Arcoverde – PE, apresentando o espetáculo Êxodo, seguido do Sarau das Seis, de Jacobina – BA, que vai mostrar Yabás (Deusas de Amor e da Guerra). Às 20h, várias performances e intervenções artísticas vão preparar o público para o espetáculo Playlist, que será apresentado no Teatro Dona Amélia pelo Coletivo de Criação Movasse, de Belo Horizonte – MG. Na sequência, tem ainda mais algumas performances e intervenções, o espetáculo Tinta, Luz e Sombra com o grupo Oca de Juazeiro – BA, na galeria de Artes Ana das Carrancas às 21h30 e mais performances e intervenções artísticas no salão.

Realizado pelo Sesc Petrolina em parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Executiva de Cultura e da Qualquer Um dos 2 Produções Artísticas, o festival Aldeia Vale Dançar 2015 apresenta ainda nesta sexta-feira (1°), o intercâmbio dos grupos Coletivo Movasse e Qualquer Um dos 2 Cia de Dança às 9h; uma mostra de videodança às 19h, no Teatro Dona Amélia. Também neste mesmo espaço, às 20h, o espetáculo Carne Viva com o Núcleo de Pesquisa do Sesc de Arcoverde e a mostra de solos e duos na Sala de Dança às 21h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Estudantes de Curaçá recebem apresentação teatral e oficinas lúdicas nesta sexta-feira (13)

Com objetivo de estimular a formação de plateia, o Coletivo Trippé irá realizar o programa…