Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Artigo: Seu Padilha e sua Petrolina

Nunca houve quem amasse tanto Petrolina como um dia amou Antônio de Santana Padilha. Nasci…