Vale do São Francisco comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente com plantio de mudas da Caatinga

O próximo dia 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, será comemorado no Vale do São Francisco com o plantio de 7 mil mudas de plantas nativas da Caatinga, o único bioma exclusivamente brasileiro.

As mudas, doadas pela Agrovale, que fica em Juazeiro – BA, serão plantadas em Petrolina – PE, às margens do Rio São Francisco, como parte do programa ‘Orla Nossa – Cidades Ribeirinhas’, da prefeitura do município. A proposta é recuperar a área da Orla II, que vai do Círculo Militar até o último restaurante da via beira rio.

De acordo com a coordenadora de Meio Ambiente da Agrovale, Thaisi Tavares, serão plantadas mudas como o marizeiro, ingazeiro, pau ferro, paineira, ipê roxo e caraibeira. “Espécies nativas da Caatinga mais adequadas para projetos de arborização, paisagismo, repovoamento e reflorestamento de áreas degradadas”, ressaltou.

A coordenadora destacou ainda que a doação é mais uma ação do projeto socioambiental ‘Viveiro de Mudas Nativas’, que completou 13 anos com a marca de 400 mil mudas doadas para 45 municípios dos Estados nordestinos da Bahia, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. A doação destas mudas vem ampliando a cobertura verde das cidades e contribuindo para uma maior conscientização e sustentabilidade ambiental da biodiversidade regional.

O viveiro da empresa, que é a maior produtora de açúcar, etanol e bioeletricidade e também a que mais gera empregos na Bahia, ocupa uma área de 2 hectares com mais de 70 espécies de plantas nativas da Caatinga. “Neste Dia Mundial do Meio Ambiente estamos fazendo o que mais gostamos: a preservação dos ecossistemas da Caatinga e das matas ciliares do Rio São Francisco”, concluiu. (ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Ministério Público recomenda fiscalização para fazer cumprir medidas de restrição

O Ministério Público Estadual, por meio da promotora de justiça Rita de Cássia Rodrigues, …