Univasf será impedida de pagar contas de fornecimento de água, luz e Restaurante Universitário no segundo semestre

0

A manutenção das atividades de ensino, pesquisa e extensão na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) ainda estão sendo mantidas, após os impactos do bloqueio no orçamento das instituições federais.

Em nota, o vice-reitor da Univasf Telio Nobre Leite afirma que a unidade já está trabalhando no limite mínimo e que no segundo semestre desse ano, despesas com água, energia, vigilância e serviços de fornecimento de alimentação nos restaurantes universitários terão “enorme” dificuldade para serem pagas.

“Esforços gerenciais serão realizados, mas necessariamente terão efeitos paliativos frente à tamanha restrição”, disse o vice-reitor.

“Caso esta medida se concretize no próximo semestre, conforme anunciada pelo MEC, a Univasf será impedida de pagar contas de fornecimento de luz e contratos firmados, mediante licitação, os quais não estão ainda, em fase de pagamento, mas são compromissos assumidos pela universidade e qualquer frustração de receita, devido à ausência de repasse do Governo Federal poderá causar sérios transtornos, devido à insuficiência de recursos pela retração no orçamento global da instituição”, diz o trecho da nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ex-prefeito de Carnaíba (PE) é alvo de ação civil pública por contratações irregulares em 2014

O Ministério Público de Pernambuco ingressou com uma ação civil pública em desfavor do ex-…