Um terço dos brasileiros perdeu um amigo próximo na pandemia, segundo pesquisa

Uma pesquisa revelou um dado assustador na pandemia: um terço dos brasileiros perdeu um amigo próximo e 16%, alguém da família. Praticamente metade (47%) tem alguém não tão próximo que morreu em decorrência da Covid-19.

O percentual dos que conhecem alguém que perdeu a batalha para o novo coronavírus chega a 86%.

Os dados fazem parte da pesquisa Saúde Brasil, uma iniciativa do Centro de Pesquisa em Comunicação Política e Saúde Pública da Universidade de Brasília (CPS-UnB) e do Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD).

Segundo a pesquisa, apenas 14% das pessoas não conhecem ninguém que tenha se infectado e não sobreviveu. Para 4%, a morte foi bem próxima, de alguém dentro de casa. “A morte por Covid ficou cada vez mais perto das pessoas, em círculos mais próximos”, afirma Wladmir Gramacho, coordenador do CPS-UnB.

Para os resultados obtidos, foram entrevistadas 1.006 pessoas de todos os estados brasileiros, entre os dias 29 de setembro e 08 de outubro em uma amostra representativa da população brasileira com acesso a internet. A pesquisa tem margem de erro de 3 pontos percentuais em um intervalo de confiança de 95%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco registra 450 novos casos e seis mortes por Covid-19 nas últimas 24h

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (8), s…