Trabalhadores em Educação definem mais 72h de paralisação após protesto pelas ruas de Juazeiro (BA)

Após caminhada pelas ruas e avenidas da cidade em direção ao Paço Municipal, os trabalhadores em Educação de Juazeiro (BA) decidiram prorrogar por mais 72h a paralisação que já vem se estendendo devido à ausência de sinalização por parte da gestão  em agendar uma reunião e receber a APLB Sindicato para se chegar a um acordo.

Mais de duas horas depois de estarem reunidos em frente ao Paço, foi definida a prorrogação de paralisar as atividades por mais tempo nesta terça-feira (08), quando todos estarão na Câmara de Vereadores para pressionar os representantes do povo a apoiarem a causa da categoria pelo pagamento integral dos 33,24% de reajuste nacional do piso do magistério.

Com faixas e cartazes, acompanhados por carro de som, os trabalhadores seguiram pelas ruas e avenidas da cidade tendo, ao longo do caminho, o apoio da população que acompanhava a movimentação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Plantação com 3 mil pés de maconha é destruída no distrito de Maniçoba

Na quinta-feira (26), uma plantação com três mil pés de maconha foi erradicada no distrito…