Torcedores do Flamengo viajam 2.000km de Petrolina para a semifinal da Libertadores no Rio de Janeiro

0

Um grupo de 40 flamenguistas saíram de ônibus de Petrolina para Juazeiro Norte (CE) e pegaram voo para o Rio de Janeiro. Todos tinha um destino: assistir a semifinal da Libertadores no Maracanã entre Flamengo e Grêmio, um resultado de 5X0.

Eles saíram às 20h de Petrolina. A viagem de ônibus até Juazeiro do Norte durou cerca de 4 horas. Em seguida pegaram um voo para São Paulo às 4h30 e chegamos às 7h30. Em São Paulo, o grupo ainda se dividiu por conta da companhia aérea. Uma parte chegou no Rio às 9h e a outra às 12h.

Para um dos integrantes da torcida, Marcos Juarez, morador de Jaguarari (BA) participar da semifinal da Libertadores no Maracanã é um sonho, até por ser a sua 1ª vez no estádio carioca.

“Não estava nos meus planos vir para esse jogo. Soube dessa caravana através de um amigo e acabei me juntando com uns parentes. Consegui uma folga no trabalho, convenci minha mulher a me liberar, o que era difícil, mas Flamengo é flamengo. Sou rubro-negro até a morte”, enfatizou.

O radialista Edenevaldo Alves, também estava na excursão e não escondia a emoção com o jogo, e ressalta que a polêmica de nordestinos que torcem para o Flamengo e outros clubes que não são da região Nordeste continuará, mas que sua paixão está acima disso.

“Quando eu era criança a imprensa pernambucana não mostrava para gente o campeonato local. Cresci ouvindo a rádio Globo, ouvindo o futebol Carioca e me apaixonei pelo Flamengo. E isso foi passando de geração em geração. Isso é natural. O Nordeste é rubro-negro”, afirmou.

Para completar a equipe, teve ainda um infiltrado vascaíno no meio dos 39 rubro-negros. Sebastião Ferreira conta que um de seus amigos flamenguistas comprou o ingresso e o convidou para ir com ele.

“Em vez de torcer contra o Flamengo lá em Petrolina, vim torcer contra aqui no Maracanã, porque a amizade está em primeiro lugar. Não ia fazer esse trajeto todo para ver o Flamengo ganhar”, ironizou. (Com informações do site Extra).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco registra em três semanas diminuição de 26% na fila por vaga de UTI

O tamanho da fila de pacientes com síndrome respiratória aguda grave que aguardam uma vaga…