Secretaria de Saúde investiga possível morte por sarampo em Pernambuco

0

Um menino de sete meses, morador de Taquaritinga do Norte, no Agreste de Pernambuco, pode ter morrido por causa de sarampo. A causa do óbito é investigada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), que informou, nesta segunda-feira (19), por meio de nota, que amostras laboratoriais da criança serão encaminhadas para análise para confirmar ou descartar a hipótese.

Pernambuco entrou em estado de alerta contra o sarampo após a SES-PE confirmar cinco casos positivos de sarampo no Estado. Quatro casos, aponta a secretaria, estão relacionados a pacientes que participaram de uma excursão para Porto Seguro, na Bahia, entre o final de junho e o início de julho. Esse grupo teve contato com um paciente positivo de São Paulo. A quinta ocorrência é de um adolescente de 18 anos de Taquaritinga do Norte, notificada em 30 de julho.

De janeiro até o último sábado (17), a SES-PE recebeu 219 notificações de casos suspeitos de sarampo, com 84 descartes, cinco confirmações e as demais em investigação. Do total de suspeitas, 146 (66%) foram notificadas nas semanas após o caso relacionado a Porto Seguro.

Crianças entre seis meses e menores de um ano, residentes no Recife e em Paulista, Bezerros, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Frei Miguelinho e Salgueiro devem tomar uma dose da tríplice viral. A vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, rubéola e caxumba, é oferecida rotineiramente disponível gratuitamente nas salas de vacina do Estado. (FolhaPE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Câmara aprova PEC que permite repasse direto de recursos federais a Estados e municípios

A Câmara dos Deputados aprovou, em dois turnos, a PEC (proposta de emenda à Constituição) …