“Se a Faculdade Soberana não existisse, nós não iríamos mais funcionar”, declara coordenadora do CSU em Petrolina

Uma faculdade que veio para mostrar o diferencial em ensino no Vale do São Francisco há quatro anos firmou parceria com o Centro Social Urbano de Petrolina, o CSU.

Instalado ao lado da instituição, o Centro realiza atividades físicas, encontros com idosos e tem como carro chefe a escola de futebol.

No passado, o espaço foi abandonado, mas a Soberana, Faculdade de Odontologia apresentou melhorias para somar forças com o trabalho desenvolvido pelo CSU.

“Se a Faculdade Soberana não existisse, nós não iríamos mais funcionar. Ela nos ajuda nos trabalhos sociais. Nós valorizamos muito a chegada da Soberana, nós agora temos vida, as crianças, as pessoas com deficiência, a população, e os mais de duzentos idosos, somos gratos por tudo. A esperança chegou para ficar, pois essa instituição séria trabalha pela coletividade”, ressaltou a coordenadora das ações desenvolvidas pelo Centro Social Urbano (CSU), Francineide Ribeiro.

A intenção da Soberana foi de não deixar que as ações acabassem e a recomendação principal é de causar impacto nas ações sociais no Município de Petrolina.

“Muitas pessoas são beneficiadas com inclusão e a parceria será eterna, estamos patrocinando o que a gente pode para que essas ações cresçam. Como ensino, esse trabalho é importante para a faculdade, temos uma responsabilidade social muito grande não só acadêmica, mas com o social, isso sustenta a nossa instituição, nosso alunos aprendem além do ensino técnico, eles se dedicam com o papel social na região toda”, enfatiza o diretor geral da Faculdade Soberana, André Luiz  Machado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Força-tarefa para concluir reforma da Maternidade Municipal é montada

A Prefeitura de Juazeiro montou uma força-tarefa para concluir a reforma da Maternidade Mu…