SAMU e CAPS discutem fluxo de saúde mental com a UPAE em Petrolina

0

A equipe gestora da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) se reuniu, nesta quinta-feira (29), com representantes do SAMU e do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) para tratar do fluxo de saúde mental dentro da rede de assistência à saúde de Petrolina.

Foram discutidos pontos como: ampliação da participação dos agentes públicos de saúde no fórum mensal de saúde mental promovido pelo município; presença de profissional volante para acompanhamento do paciente oriundo do CAPS para atendimento na rede; fluxo de notificações entre CAPS e serviços de saúde; e a possibilidade de regulação através da CRIL, tendo o CAPS Mental como unidade solicitante.

“O encontro teve como objetivo promover um alinhamento do fluxo de saúde mental no município e a ampliação da discussão dos processos envolvidos. Abordamos os principais nós críticos e acredito que avançamos”, relata a coordenadora geral da UPAE, Grazziela Franklin.

A gestora acredita que ainda há um longo caminho a ser percorrido no que diz respeito à saúde mental, mas também defende que um maior diálogo entre as instituições envolvidas seja o ponto de partida. “Para uma primeira reunião o resultado foi muito positivo e o que nós precisamos é continuar progredindo”, ponderou Grazziela ao final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MEC vai liberar R$ 100 mi por ano a universidades federais sem hospitais

O MEC (Ministério da Educação) vai desembolsar cerca de R$ 100 milhões por ano para garant…