Protesto em Juazeiro (BA): Trabalhadores da Educação decidem estender paralização por mais 72h

Depois de mais uma assembleia realizada na sede da APLB Sindicato, os trabalhadores em educação de Juazeiro (BA) saíram em caminhada silenciosa até o Paço Municipal para se juntar a outras categorias mobilizadas na campanha salarial. A movimentação ainda está concentrada em frente ao Paço onde a categoria aguarda novas definições do governo municipal.

“Fomos chamados pela prefeitura e foi sugerido que realizássemos reuniões setoriais. Vamos aguardar a vez da APLB porque outros sindicatos já estão lá conversando com o governo e estamos aguardando a sinalização que foi sugerida pelo ex-vereador e servidor público Allan Jones que é do governo. Deliberamos aqui embaixo porque aprovamos mais uma paralização de advertência por 72h”, informa o diretor da APLB Sindicato em Juazeiro, Gilmar Nery.

Uma Assembleia vai acontecer na sexta-feira (4) no auditório da APLB Sindicato para novas deliberações sobre os rumos do movimento. “Estamos à espera de sermos chamados para essa reunião quando poderá se definir mais uma vez o piso nacional para todos os trabalhadores em educação”, conclui Gilmar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Serviços oferecidos para reabilitação de pacientes atendidos no Centro de Equoterapia do Vale são ampliados 

A Prefeitura de Juazeiro (BA), através da Secretaria de Saúde (Sesau), ampliou os serviços…