Projeto-piloto ‘O Valente Não é Violento’ será avaliado em Juazeiro

A ONU Mulheres, em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPMBA), realiza uma roda de conversa sobre o projeto “O Valente não é violento”, nesta segunda-feira (10), no auditório do Centro Integrado de Atendimento à Mulher (CIAM), em Juazeiro. A atividade encerra a programação dos 21 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres, que termina com a comemoração do Dia Internacional dos Direitos Humanos.

A roda de conversa conta com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade e do Núcleo Territorial de Educação 10. Na ocasião serão discutidos processos e estratégias para trabalhar os temas do projeto nas escolas públicas.  A atividade começará com um café da manhã e se encerrará à tarde com a apresentação das escolas que participaram do projeto no segundo semestre de 2018.

Em agosto de 2018, a ONU Mulheres e o Governo da Bahia, por meio da SPM-BA, realizaram uma das etapas do projeto piloto O Valente não é Violento, reunindo profissionais da educação de seis escolas públicas de Juazeiro. As oficinas realizadas tinham como objetivo trabalhar conteúdos visando repensar as concepções, atitudes e comportamentos machistas, estimulando a equidade entre homens e mulheres.

O projeto da ONU Mulheres tem o objetivo de contribuir para a reflexão e superação da cultura machista por meio de planos de aula que contemplem questões como sexo, gênero e poder, estereótipos de gênero e esporte, raça, etnia e mídia, careiras e profissões, além de vulnerabilidade e prevenção. Nas oficinas foi elaborado um plano de ação nas escolas, acompanhado pela ONU Mulheres durante todo o segundo semestre. (Ascom Onu Mulheres)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): AGE reforça atenção aos microempreendedores para período da Declaração Anual DASN-Simei

Petrolina contabiliza mais de 18 mil microempreendedores individuais (MEI) formalizados, s…