Professores da rede estadual de Pernambuco prometem deflagrar nova greve dia 29 de Maio

greveApós assembleia nesta quinta-feira (21), os professores da rede estadual de ensino decretaram nova greve. A paralisação tem início na próxima sexta-feira (29). A categoria não aceitou a proposta do governo de reajuste salarial de aproximadamente 7,01%. A proposta pedida pelo Sintepe (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco) é de 13,01%.

O objetivo do encontro, que aconteceu no Clube Português, era avaliar o cumprimento das propostas feitas pelo Governo e que foram apresentadas aos docentes no dia 4 de maio. Em abril, a categoria paralisou as atividades durante 24 dias.

“O governo que colocou a educação no centro do debate, assanhou a categoria ao prometer reajustar em 100% os salários e agora, descumpre com o que está previsto em lei gerando revolta dos professores que decidiram retomar à greve”, disse o presidente do Sintepe, Fernando Melo, durante a assembleia.

O sindicato informou ainda que vai enviar um ofício ao Governo informando a rejeição das propostas e a decretação da greve a partir do dia 29, data que acontecerá a paralisação nacional. Às 14h da tarde deste dia será feita uma assembleia em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

1 Comentário

  1. Rafael

    21 de maio de 2015 em 22:16

    Votaram iludidos por falsas promessas, agora aguentem as consequências! O amadorismo da gestão Paulo Câmara é tão grande que eles irão contratar uma empresa de consultoria externa para orientá-los no falido pacto pela vida! Elegeram aprendizes para comandar o estado!

Veja também

Pernambuco investiga surto de “superfungo” em unidades hospitalares

O surgimento de um “superfungo” em unidades hospitalares está sendo investigad…