Primeiras vítimas de acidente que matou 41 pessoas em SP são enterradas ainda de madrugada

As primeiras vítimas do acidente entre um ônibus e um caminhão na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP) — que deixou 41 mortos e mais de 15 feridos — foram veladas na madrugada desta quinta-feira (26/11). As cerimônias ocorreram em três ginásios de Itaí, e tiveram grande movimentação de amigos e familiares das vítimas.

O velório começou por volta das 0h40 desta quinta e terminou por volta das 4h. Além dos ginásios do município, a Prefeitura de Itaí disponibilizou covas no cemitério da cidade para o enterro das vítimas. Aproximadamente 37 covas teriam sido abertas no local. As informações são da Folha de S. Paulo.

As cerimônias foram marcadas pela emoção e dor dos familiares das vítimas. A Prefeitura de Itaí decretou luto oficial de três dias no município.

O acidente

O acidente entre um ônibus e um caminhão provocou ao menos 41 mortes e deixou 12 pessoas gravemente feridas, na manhã de quarta-feira (25/11), na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, entre Taguaí e Taquarituba, no interior de São Paulo.

Os veículos bateram no km 172 em Taguaí. A rodovia precisou ser interditada para atendimento da ocorrência. De acordo com informações da polícia, 37 vítimas morreram no local e quatro faleceram em hospitais da região.

Os feridos foram levados para hospitais de Taguaí, Fartura e Taquarituba. As informações iniciais dos bombeiros, no local do acidente, são de que o ônibus levava funcionários de uma empresa de têxtil. Informações Metrópole e G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA) registra mais 12 pessoas infectadas pela Covid-19 e um óbito  neste domingo (24)

Juazeiro registrou 12 novos casos da Covid-19 nas últimas 24 horas. A informação está no b…