Prefeitura de Petrolina (PE) suspende serviços da Copergás e empresa é notificada

O processo de implantação do sistema de abastecimento por gás natural em Petrolina, além de despertar a curiosidade de muitos, vem causando também alguns transtornos para condutores, ciclistas e até pedestres, devido a recuperação do asfalto inferior ao serviço de origem. Essas reclamações foram pautadas durante uma reunião realizada nessa quarta-feira (6), na Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra).

Estiveram presentes na reunião representantes da Prefeitura de Petrolina e da empresa Copergás, na pessoa do Coordenador de Engenharia, Roberto Zanella. Na visita, foram apresentadas as principais situações relatadas pela população; diagnósticos das equipes de fiscalizações e demandas dos veículos de imprensa.

Diante do cenário que se encontra parte da cidade após as intervenções da empresa, a Prefeitura de Petrolina suspendeu, temporariamente, todos os serviços de novas perfurações no município e notificou a empresa para que apresente os devidos esclarecimentos e, principalmente, realize a recuperação da camada asfáltica nas frentes de serviços anteriormente realizadas. O cronograma de novas perfurações só deverá ser retomado após a adoção das medidas e com a aprovação da gestão municipal.

“O encontro era necessário para afinar junto à Copergás todas as situações que precisam de ajustes em nosso município. Petrolina é a primeira cidade do interior do Nordeste a ter abastecimento por gás natural, com uma rede local. Sabemos dos benefícios dessa iniciativa, mas não podemos permitir que o processo aconteça da forma que estamos observando”, pontua o secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Fred Machado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Após Caso Beatriz, Lei vai obrigar escolas em Pernambuco a controlarem acesso de público externo em eventos

Uma nova lei obriga as escolas das redes pública e privada de ensino de Pernambuco a reali…