Petrolina (PE): Shows poderão ter 2.500 pessoas, mas a dança segue proibida; é permitido ficar de pé usando máscara

Desde o início de setembro, o governo do estado começou a liberar “eventos-teste”, com lotação máxima de 1,2 mil pessoas ou 50% da capacidade do local. Era preciso solicitar autorização da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que monitorava todas as etapas da realização. Esse procedimento, agora, deixa de existir.

Assim como nos eventos esportivos, as apresentações culturais, shows, peças de teatro e demais eventos culturais passam a ter lotação máxima de 2,5 mil pessoas, ou 50% da capacidade do local, o que for menor. O uso de máscaras segue obrigatório.

Assim como em Petrolina (PE) e demais cidades do estado, ainda não está liberada dança e o público deve assistir às apresentações sentado. Só é permitido ficar de pé com a máscara. Os eventos devem ter até sete horas de duração, com horário até 1h, todos os dias.

Em novembro, segundo o governo, deverão ser liberados eventos para até 5 mil pessoas ou 70% da capacidade máxima do estabelecimento. No entanto, 100% do público deve estar vacinado com duas doses ou com a vacina de dose única.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco tem mais 566 casos da Covid-19 e 11 óbitos em 24h

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (27), 566 casos da C…