Petrolina (PE) segue com saldo positivo na geração de empregos em Pernambuco

Com toda a crise financeira gerada pela pandemia de Covid-19, quando em muitas cidades os postos de trabalho foram fechados, Petrolina houve geração de empregos. No mês de janeiro, 316 pessoas tiveram a carteira assinada no município, esse número é encontrado quando se subtrai a quantidade de contratações (2.194) pela de demissões (1.878).

Os dados foram divulgados pelo Ministério da Economia, através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no qual consta que Petrolina avançou em relação ao mês de dezembro de 2020 passando de 64.362 para 64.678, com destaques para as áreas da agropecuária, de serviços e comércios.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Flávio Guimarães, comemora o resultado. “Essa é a confirmação do crescente desenvolvimento econômico do município, apesar do momento que estamos vivendo e com o cenário de pandemia provocado pelo Coronavírus. Mas, isso é fruto de planejamento, atração de novos investimentos, parcerias públicas e privadas, além de muito trabalho e compromisso em melhorar a vida dos petrolinenses”, afirmou Flávio. (ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campanha de descontos na conta de luz termina nesta sexta-feira (16)

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) encerra nesta sexta-feira (16), a Campanha Sa…