Petrolina (PE): Processo de abate passará por mudanças após orientações da Vigilância Sanitária

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (19), o diretor-presidente da Agência Municipal de Vigilância Sanitária, Marcelo Gama, junto ao Prefeito Simão Durando passaram orientações ao representante da empresa EquipeAbate, responsável pelo gerenciamento, exploração e manutenção do abatedouro público, a entregar as carnes abatidas no espaço de maneira resfriada. A medida adotada pela vigilância tem como finalidade manter a carne preservada e dentro da temperatura ideal para comercialização.

No encontro, ficou acertado ainda que a empresa devolva aos marchantes as peles dos animais para que os responsáveis possam comercializar. A partir da próxima semana, por questão administrativa do abatedouro, os animais serão abatidos somente pela manhã e tarde. Com isso, as carnes serão mantidas nas câmaras frias do local e transportadas em caminhões refrigerados até as feiras da cidade, onde serão entregues aos comerciantes.

Para o diretor-presidente da Vigilância Sanitária, Marcelo Gama, as orientações técnicas repassadas à empresa administradora são para melhorar a prestação de serviço ofertada pelo abatedouro. “Quando falamos em orientações é para prestar assistência aos marchantes que comercializam diariamente produtos de origem animal, no entanto, estava sendo inviável da questão sanitária assegurar a conservação da carne sem ter o musculo transformado em carne antes da comercialização. A partir de agora, o produto irá sair refrigerado para os espaços de venda”, explicou Marcelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): 73ª CIPM recebe 12 novos soldados recém-formados para compor o efetivo policial

A 73ª Companhia Independente de Polícia Militar – CIPM em Juazeiro (BA) recebeu na t…