Petrolina (PE): Miguel Coelho afirma que empresários têm responsabilidade social sobre testagem para Covid-19 em funcionários

O prefeito Miguel Coelho afirmou que a prefeitura de Petrolina (PE) não tem a obrigação de realizar testagem em massa para a covid-19 e que tem seguido o protocolo do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde que orienta o procedimento em pessoas sintomáticas para a doença.

A dúvida sobre o teste em 100% da população surgiu após a reabertura do comércio, mas o prefeito explica que se for realizado testes  sem nenhum protocolo médico pode resultar em inúmeros problemas, desde  falso negativo até   desperdício do dinheiro publico.

“Petrolina tem dado um excelente exemplo nesta questão de testagem, tanto porque nós já adquirimos 34 mil testes, isso equivale a 10% da nossa população e se você olhar países que foram referência, como Alemanha, Coreia do Sul, entre outros países, eles testaram 5% do máximo de sua população”de

A respeito da testagem em  pessoas que voltaram a trabalhar, o gestor municipal disse que esta deve ser uma responsabilidade dos comerciantes com seus funcionários. “Isso eu acho que é um interesse próprio do empresário. Porque se ele não protege os seus próprios funcionários, como vai proteger os clientes?”, questionou durante LIVE realizada na terça-feira (02) com o radialista e blogueiro  Edenevaldo Alves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Coronavírus: Jovens na UTI já são maioria e necessidade de ventilação mecânica bate recorde

Pela primeira vez desde o início da pandemia da Covid-19, as internações em UTI (Unidade d…