Petrolina (PE): Após vender botijão de gás para comprar comida, mãe de família pede ajuda

Dona Marilene Rodrigues de Andrade, de 45 anos, vendeu o único botijão de gás de cozinha que tinha em casa para comprar alimento para sua família. Ela entrou em contato com a redação do Blog Edenevaldo Alves nesta terça-feira (01),  na intenção de pedir ajuda da população para  amenizar um dos inúmeros  sofrimentos que tem enfrentado.

Marilene é moradora da comunidade de Serrote do Urubu, em Petrolina (PE),  e sustenta, sozinha, suas três filhas, sendo uma adolescente e duas crianças, além de uma  neta de 11 meses.

No momento, Marilene está desempregada e sobrevive com os R$ 400,00 oriundos do benefício Federal Auxílio Brasil. Com esse pouco dinheiro ela paga as contas, aluguel  e compra comida. A dona de casa disse que também recebe alimentos de membros de uma igreja, mas lembra que suas crianças já dormiram com fome por falta do que comer.

Marilene trabalhava com reciclagem, mas também vendeu seu carrinho de coleta  para comprar comida e remédio para suas filhas.  Sem a antiga ferramenta de trabalho, a dona de casa planeja  comprar bases de produtos de limpeza ou verduras  para revender em casa, mas lamenta que não tem o recurso financeiro para começar um dos  empreendimentos.

“Eu queria vender produtos de limpeza que eu sei fazer, mas não tenho dinheiro pra comprar as bases. Preciso trabalhar, não suporto mais ficar parada, tenho que pagar minhas dívidas, mas sem trabalhar é impossível”, desabafou.

Quem puder ajudar dona Marilene  com o botijão de gás, alimentos e as bases para fazer produto de limpeza pode deixar na residência dela que fica na Rua José Geraldo nº 271, na comunidade Serrote do Urubu, próximo à igreja Assembleia de Deus. Contato (87) 9 9103-5189.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Em resposta à cobrança de estudante, Guarda Civil Municipal diz que intensificará trabalho de segurança no entorno da Univasf

A Guarda Civil Municipal de Petrolina enviou uma nota em resposta à matéria publicada no b…