Petrolina: Em apenas seis dias, Hospital Universitário atendeu mais de 130 vítimas de acidente de moto

2

Entre o período de 24 a 30 de novembro de 2019, o Hospital Universitário da Univasf em Petrolina (PE), atendeu 136 pacientes com diversas lesões e fraturas vítimas de acidente de moto.

O alarmante número ultrapassa os acidentes envolvendo os demais  transportes terrestres –  que somados não passam  de 36 ocorrências.

Vale ressaltar que unidade  integra a rede PEBA e atende 53 municípios em sua área de abrangência.

2 Comentários

  1. Maria

    5 de dezembro de 2019 em 13:50

    Passem a cobrar os serviços desses acidentados. Quem provocou que pague os serviços médicos e hospitalares, se foi o motoqueiro, que ele pague.
    Garanto que na hora que se passar a cobrar, vão ter cuidado no trânsito. Veja que o cinto de segurança só se tornou realidade quando passou a multar quem não estivesse com o cinto.
    Na hora em que dói na parte mais sensível do corpo humano que é o bolso, gente aprende rapidinho a ser educado.

    Responder

  2. Erilson Nonato

    6 de dezembro de 2019 em 11:58

    A maior parte dos acidentes é culpa do próprio motoqueiro, que acha que tem o direto de passar onde achar conveniente, em detrimento das leis e do respeito aos outros. Se houvesse fiscalização e punição, poderia até diminuir, mas a falta de educação do “cidadão” acho difícil mudar. Arrotam contra a corrupção mas não exitam em ultrapassar pela direita.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Professor é encontrado morto dentro de Campus da Univasf em Petrolina; Instituição emite nota

Aldrin Éderson Vila Nova Silva, professor do colegiado de Zootecnia e médico veterinário f…