Pernambuco: Pela primeira vez no Nordeste, IMIP realiza uma cirurgia cardíaca em um feto

0

O IMIP, em Recife, realizou, pela primeira vez na região Nordeste uma cirurgia cardíaca em um feto, ou seja, ainda no útero da mãe. A equipe do Instituto realizou na segunda-feira passada (16), mas somente hoje a notícia foi divulgada oficialmente.

O procedimento foi uma valvoplastia aórtica no feto, ou seja, a dilatação de uma válvula cardíaca que estava estreitada.

“Esse procedimento se faz em fetos com estenose aórtica crítica (estreitamento da valva), quando há risco de óbito fetal ou de evolução para uma cardiopatia bastante complexa chamada síndrome de hipoplasia do coração esquerdo”, explicou a médica Karina Lopes, cardiologista fetal do IMIP.

Segundo a especialista, o objetivo do procedimento foi evitar o óbito do feto por insuficiência cardíaca e evitar a progressão da cardiopatia para a forma mais severa da doença. “No entanto, a doença não tem cura. O bebê precisará de tratamento ao nascimento, mas esperamos que numa condição mais favorável e que possibilite melhores resultados pós-natais”, destacou.

Grávida de 26 semanas, a gestante passa bem e recebeu alta no dia 19 de setembro. “A cirurgia durou aproximadamente 3 horas e o que mais demorou foi posicionar o feto adequadamente. O procedimento foi um sucesso”, comemorou a médica.

(Com informações do IMIP/ Foto: Divulgação IMIP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Vacinação contra sarampo é realizada em creches de Petrolina (PE)

Para alcançar um número maior de crianças entre seis meses e cinco anos incompletos, que f…