Pernambuco ocupa primeiro lugar do Norte e Nordeste em número de reeducandos matriculados na educação básica

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), por meio da Executiva de Ressocialização (Seres), informa que Pernambuco ocupou o primeiro lugar do Norte e Nordeste em número de pessoas privadas de liberdade (PPLs) matriculadas na educação básica 2020 do sistema prisional. Dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/Ministério da Educação) registraram 4.640 matrículas em Pernambuco, seguido do Ceará (2.796) e Paraíba (1.729).

A nível nacional, considerando também números absolutos, o Estado ocupa a quarta posição atrás de São Paulo, Minas Gerais e Paraná. O secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, enfatiza a importância do incentivo à educação. “Não há outro caminho para a ressocialização a não ser pelo estudo e trabalho e a atuação dos profissionais da educação e do sistema prisional deve ser pautada no incentivo e acompanhamento desses detentos para que não desistam de concluir os níveis escolares”, concluiu Eurico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Mãe procura por filho desaparecido há 6 dias em Petrolina (PE)

Um adolescente de 14 anos de idade, identificado como João Vitor Reis da Silva,  está desa…