Pernambuco: laudos e perícias médicas para deficiências irreversíveis terão validade indeterminada

O Governo de Pernambuco sancionou a Lei nº 17.562, que garante validade indeterminada de laudos e perícias médicas que atestem deficiências físicas, mentais e intelectuais em pessoas com casos irreversíveis. Assim, não será necessária a atualização periódica do atestado médico. O ato foi divulgado na edição de quinta-feira (23) do Diário Oficial do Estado.

O laudo é essencial para que a pessoa com deficiência tenha acesso a direitos, como a busca por emprego, isenção para compra de veículos ou serviços, o auxílio-doença, Benefício da Prestação Continuada (BPC), entre outros.

Para o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), Sileno Guedes, a determinação vai promover praticidade à população com deficiência e garantir a ela direitos e benefícios básicos.

“A lei vai permitir o acesso desse segmento às políticas públicas, através da inserção de forma simples e rápida em ações, programas e projetos estaduais. A partir de agora, essas pessoas já terão em mãos um documento válido e sem necessidade de revisão, o que vai garantir direitos e cidadania”, afirma Sileno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Torcedor do Náutico entra no estádio com teste positivo da covid-19 e é preso

Na vitória do Náutico por 3 a 0 contra o Íbis, nesta tarde de sábado (22), pelo Campeonato…