Pernambuco atinge marca de 3 mil leitos para Covid-19 na rede pública; 97% das UTIs estão ocupadas

Pernambuco passou, nessa quinta-feira (4), da marca de 3 mil leitos dedicados à Covid-19 na rede pública hospitalar, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

O total é de 3.017 vagas, sendo 1.760 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), das quais 97% estão ocupadas, e 1.257 em enfermarias, com 82% de taxa de ocupação.

O Governo de Pernambuco classifica a ampliação da rede de assistência ao tratamento do coronavírus como “o maior esforço sanitário e de mobilização de insumos, equipamentos e recursos humanos da história da saúde pública do Estado”.

Nos últimos dias, acrescenta a SES-PE, a assistência à população pernambucana foi reforçada com a abertura de 65 vagas de UTI e 30 de enfermaria.

Do total, 40 leitos de terapia intensiva foram disponibilizados no Agreste (20 no Hospital Mestre Vitalino; 10 no Jesus Pequenino, em Bezerros; e 10 no Perpétuo Socorro, em Garanhuns) e 20 no Sertão (10 no Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada; e 10 pediátricos no Hospital e Maternidade Santa Maria, em Araripina).

Além disso, foram contratualizados pelo Governo de Pernambuco e disponibilizados na Central de Regulação 20 leitos de enfermaria da rede municipal de Paudalho, na Mata Norte, e cinco de UTI e 10 de enfermaria da rede municipal de Barreiros, na Mata Sul.

“Já temos a maior rede de terapia intensiva do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, o que tem sido fundamental para salvar vidas. Ressalto que continuamos trabalhando diuturnamente para garantir a assistência à população pernambucana, abrindo leitos e dando suporte aos municípios, mesmo com todas as dificuldades que já começamos a enfrentar, de recursos humanos e fornecimento de insumos, já que estamos próximos ao limite da rede”, disse o secretário André Longo.

“Mas sabemos que essas ações sozinhas não resolvem a situação, tampouco vão diminuir o sofrimento de diversas famílias em todo o Estado. Precisamos evitar novas contaminações e perdas de vidas e isto só será possível se cada um tomar consciência da gravidade do momento”, finalizou Longo.

Pernambuco possui, hoje, o 6º maior quantitativo de leitos de UTI para a Covid-19 do Brasil. Com cerca de 1.700 vagas de terapia intensiva e uma proporção de 17,7 vagas por cada 100 mil habitantes, o Estado tem a maior rede pública para a doença entre os estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Ministério Público recomenda fiscalização para fazer cumprir medidas de restrição

O Ministério Público Estadual, por meio da promotora de justiça Rita de Cássia Rodrigues, …