O PP precisa entender que o Vale do São Francisco defende a permanência de João Bosco na Codevasf, revelou Odacy Amorim

0

odacy

O deputado Odacy Amorim (PT) comemorou a decisão do senador Humberto Costa que suspendeu a nomeação de Luciano Albuquerque (PP) que deveria assumir o cargo de novo superintendente da Codevasf em Petrolina nesta quarta-feira (15).

Para Odacy Amorim, a saída do atual superintendente regional, João Bosco Lacerda, nesse momento iria demonstrar a fragilidade do PT, que está em crise no país e que assume o cargo de maior importância do partido no sertão.

“Esse ano é de arrocho para o PT e João Bosco vem fazendo um ótimo trabalho na Codevasf, ele anda nas cidades, nas associações e nos municípios, só não temos muitos recursos para trabalhar melhor por conta da crise que o partido vem passando e a queda de João Bosco agora deixaria o PT sem um cargo de relevante importância  no sertão”, disse o deputado em entrevista no programa Edenevaldo Alves, na Petrolina FM.

O deputado ressaltou ainda que o Partido Progressista tem a sua importância e já ocupa uma posição de destaque no cenário político nacional na presidência da Codevasf, mas disse que o partido precisa respeitar a decisão do PT regional.

“O Partido Progressista precisa entender que esse espaço aqui de Petrolina e do Vale do São Francisco defende a permanência de João Bosco Lacerda na Codevasf e ainda é pouco depois de um ano para que seja feito um pedido de exoneração de um cargo, João Bosco ainda nem consolidou o seu trabalho, acredito que vamos resolver essa questão da melhor maneira possível”, finalizou Odacy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

TRE-PE mantém cassação de Domingos de Cristália e Alvorlande Cruz deve reassumir mandato nesta terça (20)

O tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) decidiu manter a sentença de cassação…