No dia do Servidor Público, prefeitura repudia agressão contra trabalhador registrada em Petrolina (PE)

Na data de celebração dos direitos e deveres daqueles que dedicam seu tempo ao serviço público, a Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), repudia as agressões físicas e verbais registradas nesta quarta-feira (27), na Rua 15 do bairro Rio Jordão, durante uma ação da equipe de serviços públicos.

Cerca de uma semana depois da última chuva registrada na cidade de Petrolina, a prefeitura municipal segue trabalhando para minimizar os impactos do grande volume de água nas comunidades e para trazer mais tranquilidade para quem mora em bairros com menos estrutura. Lamentavelmente, durante um desses serviços, uma moradora do bairro Rio Jordão tentou impedir, com agressividade e rispidez, que as equipes realizassem o patrolamento e escoamento da via em que sua residência está localizada.

As equipes de fiscalização da Seinfra, juntamente com a Guarda Municipal, foram acionadas para conter as agressões. O servidor recebeu o apoio necessário e as medidas cabíveis estão sendo tomadas. O secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Fred Machado, prestou sua solidariedade ao profissional e lamentou a situação.

“Lamentamos profundamente que esse tipo de situação ainda seja registrada em uma cidade tão desenvolvida quanto é Petrolina. Todos os dias, nossas equipes vão às ruas para zelar pelos espaços públicos pensando no bem-estar da população e o mínimo que esperamos é respeito aos servidores e, se possível, um pouco de gentileza com nossas equipes”, pontua.

O que diz a lei: O Desacato, é considerado crime pelo Código Penal Brasileiro em seu art. 331, segundo o qual “desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela: Pena – detenção, de seis meses a dois anos, ou multa.” (ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

 Familia  confirma que corpo encontrado em Lagoa Grande (PE) é de caminhoneiro que estava desaparecido

A família do caminhoneiro Vinicius Arruda de Oliveira, que estava desaparecido desde a últ…