Morre Roberta, mulher trans que teve 40% do corpo queimado por adolescente no Recife

Faleceu na manhã desta sexta-feira (09) a mulher trans Roberta Silva, de 33 anos, que teve 40% do corpo queimado por um adolescente no dia 24 de junho, no Cais de Santa Rita, área central do Recife.

O óbito ocorreu por volta das 9h  e foi confirmado pela assessoria de comunicação do Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife, onde estava internada.

Segundo a unidade de saúde, ela tinha sido novamente intubada e, nos últimos três dias, apresentou piora nos sistemas respiratório e renal.

De acordo com o boletim, o quadro de Roberta havia se  agravado nas últimas horas. Ela sofreu falência dos sistemas respiratório e renal e não resistiu após passar 15 dias lutando pela vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Incertezas sobre a Sputnik V desagradam secretário da Saúde de Pernambuco

Quando parecia que a novela envolvendo a compra da vacina contra a Covid-19 Sputnik V, des…