Ministro Alexandre de Moraes determina multa de R$ 405 mil ao deputado Daniel Silveira

Uma multa de R$ 405 mil foi determinada ao deputado federal Daniel Silveira (PRB) por ter desobedecido por 27 vezes a regra imposta a respeito do uso da tornozeleira eletrônica. A decisão foi do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Mais uma vez, Moraes enviou um ofício para o Banco Central no qual solicita o bloqueio de todas as contas bancárias do deputado para que a multa seja paga. Também pede que o STF seja comunicado quando a ação for colocada em prática.

Daniel tinha que cumprir a medida restritiva de acordo com o entendimento do ministro do STF. As determinações foram a proibição de participação em eventos públicos, conceder entrevistas e usar as redes sociais.

Conforme a determinação de Alexandre de Moraes, Daniel Silveira terá que comparecer, em até 24 horas, à Secretaria de Administração Penitenciária em Brasília (DF) para instalar uma nova tornozeleira eletrônica. (Com informações IstoÉ e CNN Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dormentes (PE): Mais de 50 mil pés de maconha são destruídos pela Polícia Civil 

Mais de 50 mil pés de maconha foram destruídos na região de Lagoas, Zona Rural, em Dorment…