Juazeiro: Vereador Medeiros vota favorável a CPI do Saneamento, mas bancada governista derruba proposta

medeiros

Após o período regimental de 60 dias, o vereador relator da Comissão Especial Provisória que investigou os possíveis desvios de recursos das obras do saneamento na cidade, Nalvinho (PTdoB), apresentou, na reunião desta quarta-feira, 01, suas conclusões dos trabalhos. O documento indicou que para uma ‘melhor’ investigação fosse instaurada na Câmara uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

Durante a votação, o relatório obteve o voto favorável do vereador Zé Carlos Medeiros (PV) e do próprio relator. Contrários, os parlamentares Anderson Alves (PP), Sargento Bastos (PROS) e Mitonho Vargas (PT) rejeitaram a proposta e a encaminharam para o arquivamento. De acordo com o petista, que presidiu a comissão, “a possibilidade de uma CPI não existe e não era essa a função dos trabalhos. (…) Faltou um fato concreto”.

Rebatendo os argumentos dos governistas, o vereador Medeiros pontuou que ‘o arquivamento é uma derrota para a sociedade de Juazeiro que sofre com os problemas do saneamento’. “Os vereadores Mitonho Vargas, Anderson Alves e Sargento Bastos votaram contra a instalação da CPI. Acredito que essa ação seria muito importante para esclarecer todas as questões sombrias referentes ao setor. Defendo que tudo seja apurado e os culpados punidos. Com coragem, continuarei na defesa do povo de nossa terra”, comenta.

Para cumprir o regimento, que reza a elaboração de um novo documento, pois o primeiro foi derrotado e não aprovado, o vereador Sargento Bastos foi nomeado relator e, em apenas 30 minutos, apresentou novas conclusões sobre o trabalho da comissão. No documento, o governista propõe a criação de uma nova comissão provisória para seguir com os trabalhos concluídos pela atual comissão. Os governistas aprovaram o novo relatório. Os vereadores Medeiros e Nalvinho votaram contra.

Rechaçando o novo relatório, Medeiros disparou: “Isso é uma palhaçada, uma brincadeira. Poderia afirmar que esse relatório é uma clara demonstração de subserviência ao Executivo. Percebemos a intenção dos vereadores Mitonho Vargas, Anderson Alves e Sargento Bastos em derrubar o relatório do colega Nalvinho que pedia uma CPI. Essa peça criada em 30 minutos não tem a consistência do primeiro relatório que foi construído com o tempo necessário. Essa postura é vergonhosa. Penso que poderia ser entregue, aqui, uma grande pizza”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): São João dos Bairros promete forró e muita animação no Dom José Rodrigues, Brisa da Serra e outras comunidades neste fim de semana

A programação do São João dos Bairros de Juazeiro continua a todo vapor e, neste final de …