Juazeiro: Redução do quadro de médicos na UPA não houve conversa com profissionais, diz representante

0

Em entrevista à imprensa local na manhã desta segunda-feira (09), a representante do Conselho Regional de Medicina  do Estado da Bahia, pela Delegacia Regional de Juazeiro (BA), Dra. Jamille Freire S. Almeida, afirmou que na última semana a categoria foi surpreendida com a decisão da Secretaria Municipal de Saúde em reduzir o número de médicos na Unidade de Pronto Atendimento de Juazeiro (BA).

A representante informou que a decisão do município foi arbitrária e unilateral e que não houve diálogo com os médicos. Na ocasião ela salientou que tanto a UPA quanto o Hospital maternidade de Juazeiro não tem inscrição no CREMEB, e por isso, existe essa brecha no cumprimento da resolução 2077/2014 do Conselho Federal de Medicina  que normatiza o número de médicos baseado na demanda de atendimentos.

“Se configura um erro uma infração, exatamente essa resolução que normatiza o número de médicos baseados no número de atendimentos. Então a gente não tem como ter uma média, se a gente for fazer os cálculos baseados nos próprios números disponibilizados pela prefeitura a gente vê que temos um número de atendimento que chega a quase 250 por dia”, afirmou.

Dra. Jamille também salientou sobre entre as  mudanças também se encontra os atendimento de Urgência e  Pediatria  realizadas no Hospital Maternidade de Juazeiro e que seriam transferidos para a UPA de Petrolina. “Uma estrutura que não tem adequação suficiente para atender a demanda em pediatria”, afirmou.

A representante afirmou que caso não haja requisitos mínimos para o profissional atuar na unidade, medidas serão tomadas. “Se realmente não houver requisitos mínimos, básicos para o profissional atue de maneira digna, que não seja exposto a determinadas medidas que o  atendimento que possam fazer com que o atendimento não seja de forma adequada e ideal, infelizmente a gente tem usar de todas as ferramentas para que a população não seja prejudicada”, assegurou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Bolsonaro assina medida que acaba com DPVAT e DPEM

Uma medida provisória assinada na segunda-feira (11) pelo presidente jair Messias Bolsonar…