Juazeiro (BA): APLB Sindicato exige da SEDUC celeridade no cumprimento de direitos garantidos aos trabalhadores em educação 

A APLB Sindicato emitiu nota para cobrar da Secretaria de Educação de Juazeiro (BA) celeridade no cumprimento de direitos garantidos aos trabalhadores em educação.

“Aguardar por uma ação mais efetiva da Secretaria de Educação de Juazeiro quanto aos benefícios que deveriam chegar a todos os trabalhadores em educação do município, é um exercício diário na busca por agendamentos de reuniões e diálogos. E uma comparação não pôde deixar de ser feita pelo diretor da APLB Sindicato em Juazeiro, Gilmar Nery, com a vizinha cidade de Petrolina, diante da realidade exposta.

A Secretaria de Educação de Petrolina, depois de concretizar o tão sonhado Auxílio Tecnológico para os trabalhadores em educação, anunciou ainda o rateio das sobras do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), e também já foi confirmado o anúncio da compra de 100% das licenças-prêmio vencidas de todos os profissionais.

“Enquanto nos deparamos com a atuação de um secretário de educação como o de Petrolina, que traz todos esses benefícios aos trabalhadores em educação de seu município, em Juazeiro a situação se arrasta, engatinha, no sentido de garantir aos servidores um final de ano com dinheiro no bolso. Todos os municípios brasileiros, hoje, terão que investir pelo menos 70% do Fundeb, no mínimo, em folha de pagamento. O secretário mostra, com essa atitude, o excelente trabalho desenvolvido e que traz grandes benefícios financeiros aos trabalhadores em educação”, afirma Gilmar Nery.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco registra, nas últimas 24 horas, 2.230 novos casos e quatro mortes por Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) registrou, no boletim divulgado nest…