Insatisfeitos com quarentena, comerciantes fazem protesto em vários pontos de Araripina (PE)

Um protesto encabeçado  por empresários e  comerciantes   ocupou as ruas de Araripina na  sexta-feira (26).

A categoria manifesta  insatisfação com as medidas rígidas adotadas pelo Governo do Estado  quando o decreto considera como  ‘não essenciais’ serviços de lojas de roupas, sapatos e outros segmentos permite o funcionamento de concessionárias e motéis, por exemplo. Os manifestantes ainda protestaram contra a prorrogação do decreto que foi estendido até o próximo dia  31 de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MPPE recomenda a Petrolândia, Floresta e outros 15 municípios seguir com vacinação de grupos prioritários

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio de Promotorias de Justiça locais, expe…