Governo de Pernambuco prorroga até o dia 30 de abril a suspensão das cirurgias eletivas

Estão prorrogadas até o dia 30 de abril a suspensão das cirurgias eletivas que demandem internação hospitalar no Estado, tanto na rede pública quanto na privada.

O objetivo da decisão do Governo de Pernambuco é evitar a sobrecarga nos sistemas de saúde e ter vagas disponíveis para internação dos casos suspeitos ou confirmados da Covid-19; além de priorizar o uso de insumos e medicamentos para esses pacientes graves.

Continuam mantidas as cirurgias eletivas inadiáveis, como as oncológicas, cardíacas, transplantes e procedimentos que possam causar dano permanente ao paciente em caso de adiamento; além das cirurgias ambulatoriais que não demandam internamento hospitalar. Lembrando que as consultas ambulatoriais e os serviços de urgência e emergência estão mantidos.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) reforça que os servidores que atuam nessas cirurgias eletivas e foram realocados para outras áreas da assistência hospitalar ou teletrabalho serão mantidos nessas funções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Estudo diz que vacina usada no Japão imuniza contra variantes

Estudo realizado no Japão indica que cerca de 90% de mais de uma centena de pessoas nas qu…