Ex prefeito de Recife João Paulo fala sobre João Bosco na Codevasf, avalia PSB e defende PT no atual cenário político

joao

O ex prefeito de Recife João Paulo Lima esteve visitando a cidade nesta segunda-feira (29) e aproveitou para conceder uma entrevista exclusiva ao radialista Edenevaldo Alves, na Rádio Petrolina FM 98.3.

João Paulo No ano de 2000 foi eleito o primeiro prefeito do Recife pelo Partido dos Trabalhadores, sendo reeleito em 2004. Ele fez uma breve  avaliação de quando foi prefeito, onde saiu da prefeitura com 88% de aprovação de governo, sendo o primeiro prefeito reeleito na história da cidade.

“Acredito nesse fato inédito por conta da nossa administração, onde priorizamos a saúde, educação e a infraestrutura”, contou.

O mesmo esteve conversando com lideranças do partido dos trabalhadores da região, à exemplo do deputado Odacy Amorim, a ex deputada Isabel Cristina e vereadora Cistina Costa, que estiveram nessa manhã de segunda feira (29) no Programa Edenevaldo Alves sobre a ideia de apoio pela permanência à frente da superintendência regional da Codevasf em Pernambuco, o superintendente João Bosco Lacerda.

“Apesar das dificuldades do governo, João Bosco tem cumprido o seu pepel no órgão e tem o apoio do Partido dos Trabalhadores, do Senador Humberto Costa e demais lideranças, mas como nós entendemos que as decisões dependem da presidente da república, mas temos a certeza de que esse espaço cabe a João Bosco”, revelou.

O ex prefeito revelou o apoio ao superintendente à frente da Codevasf recordando a expressiva votação da presidente Dilma no estado de Pernambuco e diz que “a mesma irá compreender os diversos apoios que estão sendo colocados pela permanência de João Bosco Lacerda”.

Quem também opinou sobre o assunto foi a ex deputada do PT Isabel Cristina que estava acompanhando João Paulo. Ela revelou sobre as especulações de possíveis nomes ou partidos que assumiriam a Codevasf, como o caso do (PP), o Partido Progressista que poderia estar à frente do órgão no âmbito regional.

“Nós entendemos a função do Governo em relação as demandas dos aliados, o intuito dos partidos quererem a Codevasf, mas eu afirmo que a Codevasf é nossa e vamos lutar por ela, porque nós ainda estamos no poder”, frisou Isabel Cristina.

Ainda durante a entrevista, João Paulo criticou algumas opiniões de partidos que acreditam que problemas como a crise econômica, a corrupção, seja só culpa do PT.

“Hoje ha uma canalização político ideológica e tudo que acontece nesse país a culpa sempre só vai para o PT e há uma certa preservação sobre o conjunto das outras forças, o problema não surgiu agora. Nós tiramos em tordo de 50 milhões de brasileiros na condição de miseráveis, esse é só um dos avanços do partido. Muita gente em Petrolina e região sabe que a situação melhorou quando Lula e Dilma assumiram suas funções”,  revelou.

O ex candidato a Senador que disputou a eleição de 2014 com Fernando Bezerra Coelho fez uma avaliação aproveitando o momento da entrevista no programa sobre o PSB, mas precisamente do grupo de Fernando Bezerra Coelho e da gestão de Paulo Câmara.

“Eu acho que tivemos uma eleição onde foi decidida por uma tragédia, que foi a morte do então candidato a presidente da república Eduardo Campos, tanto que no primeiro turno o PT aqui em Pernambuco, o resultado da vitória da presidente Dilma, foi fraco e nós tivemos um apelo das pessoas que decidiram apoiar Paulo Câmara e Fernando Bezerra Coelho, ambos do PSB e eles saíram na frente por conta da onda da tragédia de Eduardo Campos”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

“ExpoRajada fecha oficialmente o ciclo junino de Petrolina com chave de ouro”, diz prefeito Simão Durando

Com sucesso de público, a 9ª edição da Feira de Exposição de Caprinos e Ovinos de Rajada (…