Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança completa 13 anos

Na capital baiana e RMS, 3235-0000 e no interior, 181. Esses são os números dos telefones do Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública (SSP) – principal ferramenta que dispõe a população para colaborar com o trabalho da polícia – completa 13 anos nesta sexta-feira (14). Operações, prisões e grandes apreensões de drogas foram desencadeadas nesse período, com base em informações chegadas através do canal de comunicação, que preserva o anonimato para os denunciantes.

Somente até novembro desse ano, foram 124.306 ligações de toda a Bahia. “Essa quantidade de denúncias revela a confiança da população na polícia”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, acrescentando que essas informações são “de suma importância para o trabalho investigativo, montagem de operações e desarticulações de quadrilhas”.

Criado em 2005, o Disque-Denúncia, em 2011, ganhou a ferramenta lúdica do ‘Baralho do Crime’, elaborado com o objetivo de apresentar, por meio de fotos, os criminosos mais perigosos do estado e de estimular o cidadão a ajudar a polícia na captura, denunciando-os. As informações podem ser feitas através dos telefones 3235-0000 (capital e RMS) e 181 (interior) e a identidade de quem as fornece é mantida em sigilo.

O ‘Baralho’ mostra a imagem do rosto dos criminosos mais perigosos do estado e contribui para suas prisões. Já aconteceram, desde a sua criação, 212 substituições de cartas, por conta de capturas, mortes ou revogações de mandados de prisão dos procurados. SSPBA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Hospital Regional abre seleção para cargo de fisioterapeuta; prazo termina nesta quarta-feira (27)

O Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) abriu nesta segunda-feira (25) um processo seletivo …