Delegado Daniel Grangeiro assume a Polícia Federal em Pernambuco

Toma posse, nesta segunda-feira (7), o novo superintendente regional da Polícia Federal de Pernambuco, o delegado Daniel Grangeiro de Sousa. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União.

Daniel Grangeiro entra no lugar da delegada Patrícia Cintra Barros da Cunha, que ocupava o cargo de chefia da Polícia Federal em Pernambuco desde dezembro de 2019 e foi a primeira mulher no posto. A troca já havia sido confirmada pela PF no dia 14 de maio.

As mudanças nos comandos da PF ocorrem dois meses após a troca do diretor geral, em nível nacional, da Polícia Federal. Em 7 de abril, Paulo Maiurino foi nomeado novo delegado da instituição. Ele é o terceiro no comando desde o início do governo Jair Bolsonaro (sem partido).

Também foram anunciadas alterações nos comandos da Polícia Federal nos estados de Minas Gerais, Ceará, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Sergipe, Amapá, Alagoas, e no Distrito Federal. As mudanças são por indicação de Paulo Maiurino.

Currículo

O novo gestor da PF/PE tem 46 anos, é formado em Direito, tomou posse na Polícia Federal em 1997 como agente de Polícia Federal e, em 2003, assumiu o cargo de Delegado de Polícia Federal. Estava lotado atualmente na Superintendência da Polícia Federal em Alagoas. O novo superintendente da PF/PE foi titular da Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio e ao Tráfico de Armas em Alagoas, onde já atuou no setor de inteligência.

Dentro da Polícia Federal, já assumiu diversas chefias, como Chefe do Núcleo de Inteligência da SR/PF/PE e SR/PF/AL; Chefe da Divisão de Contrainteligência da Diretoria de Inteligência; Chefe da Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado da SR/PF/AL; Chefe do Grupo de Repressão a Crimes Financeiros da SR/PF/AL; e Gerente de Projetos da Diretoria de Operações da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério de Justiça.

Daniel Grangero também já participou como coordenador nas operações como a Soro, que investigou a falsificação de leite em pó e derivados em Pernambuco; Operação Bisturi, sobre tráfico internacional de órgãos em Pernambuco e na África do Sul; Operação LinceI, que averiguou o envolvimento de policiais federais em vários crimes em Ribeirão Preto/SP. Com a Operação Kali, ele apurou lavagem de dinheiro nos Estados de Alagoas, Pernambuco e Maranhão e com a Operação Seguro Mamata, foram averiguadas fraudes de seguro-desemprego em Alagoas, Sergipe, Pernambuco e São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

PRF realiza operação em Salgueiro (PE), Cabrobó (PE) e Belém de São Francisco (PE) com apoio de cães farejadores

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), através do Grupo de Operações com Cães (GOC), realizou…