Covid-19: Aumento de pessoas infectadas em Petrolina (PE) tem relação com ampliação de testes e casos graves mantêm queda

A Secretária Executiva de Vigilância em Saúde no município de Petrolina (PE), Marlene Leandro, em entrevista ao Programa Edenevaldo Alves, afirmou que o aumento significativo de casos registrados no boletim da última segunda-feira (18) aponta uma testagem em demanda espontânea na cidade e o acumulado do final de semana.

“Estamos testando pessoas sintomáticas e assintomáticas, quanto mais se testa você detecta os casos, o fato é a gente dizer que não teve aumento da curva e os números vêem se mantendo, os casos são registrados e quando se testa positivo é feito o isolamento e quando se tem aumento de pessoas aglomeradas elas serão contaminadas”, disse.

Para Marlene, a vacina tem ajudado na redução de casos, mas a orientação do uso de máscara e e higienização das mãos deve continuar.

“Observamos que com a vacinação a curva de casos graves tem diminuído, porque nós estamos com 62,5% da população vacinada com o esquema completo e cerca de 97% da população com uma dose da vacina, os cuidados precisam continuar”, reforçou.

Ainda de acordo com a secretária, o aumento da taxa de ocupação de leitos de UTI que chegou a 20% na cidade, representa cinco pessoas internadas, e não significa a lotação de pacientes, sendo que destes a maioria vem de outras cidades, apenas dois são de Petrolina (PE).

“Esse percentual é proporcional ao número de leitos por conta da redução de casos, então esses leitos foram reduzidos, hoje estamos com um total de 25, o que houve não foi aumento de casos de internados com gravidade e sim a redução de leitos de UTI, antes eram 70 disponíveis”, explicou.

As testagens estão sendo intensificadas na cidade em pontos de maior circulação de pessoas, como nas praças do Bambuzinho e Dom Malan e feiras livres.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): APLB Sindicato exige da SEDUC celeridade no cumprimento de direitos garantidos aos trabalhadores em educação 

A APLB Sindicato emitiu nota para cobrar da Secretaria de Educação de Juazeiro (BA) celeri…