Com 600 mil segundas doses atrasadas, Pernambuco tem menos de 35% totalmente vacinados

Mais de 600 mil pessoas estão com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 atrasada em Pernambuco, segundo o secretário estadual de Saúde, André Longo. Para reduzir esse déficit, o Estado prepara um Dia D de vacinação para 25 de setembro e recomenda ações anteriores realizadas pelos municípios que deverão culminar no mutirão. Imunizantes de três dos quatro fabricantes em uso no Brasil demandam as duas doses para que o esquema vacinal seja completo.

Pernambuco tem, segundo os dados mais recentes da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), divulgados na segunda-feira (13), um total de 2.868.357 pessoas com a cobertura vacinal completa – sendo 2.695.366 com vacinas de duas doses e 172.991 com o imunizante de dose única da Janssen.

Esse total corresponde a 34,51% da população elegível para vacinação no Estado, que são todas as pessoas a partir dos 12 anos de idade, estimada em 8.311.541 pessoas. Ou seja, caso as 600 mil pessoas com segundas doses atrasadas já tivessem recebido o reforço, o Estado somaria cerca de 41,8% da população totalmente imunizada – mais de sete pontos percentuais em relação ao dado real.

No recorte em que se considera a totalidade dos habitantes do Estado, atualmente estimada em 9.674.793 pessoas, a cobertura vacinal completa é de 29,65%.

A cobertura de primeira dose no Estado se aproxima das 6 milhões de pessoas, com 5.942.401 aplicações – 71,5% da população elegível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Covid-19: ocupação de leitos de UTI em Juazeiro (BA) fica em 35% neste sábado (25)

Juazeiro não registrou novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Também não houve óbit…