Com 37 semanas, grávida de gêmeos, atendida no Dom Malan/IMIP, terá que voltar para casa

0

Após percorrer quase quatro horas de viagem até o Dom Malan/IMIP em Petrolina (PE), a grávida de gêmeos, Marizete Silvana de Souza, 25 anos, não realizará o parto e terá que retornar para casa na zona rural de Pilão Arcado (BA). Ela está em observação na unidade desde a madrugada de segunda-feira (12).

Os parentes da gestante afirmaram que Marizete encontra-se na 37ª semana, sente fortes dores e está com o pé muito inchado.  De acordo com Tamires Santana, prima da paciente, os médicos de Pilão Arcado não realizaram o parto porque a unidade do município baiano não dispõe de equipamentos adequados, como incubadora por exemplo.

O irmão da grávida, Agnaldo Souza, disse que após conversar com os médicos do Dom Malan/Imip, foi informado que Marizete “precisará voltar para casa, pois ainda não está no prazo”, afirmou.

A família da gestante afirma que depois dessa notícia, não sabe o que fazer. “Ela não aguenta nem ficar sentada e vão dar alta a ela hoje”, lamentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina: Campanha arrecada kits de higiene para Casa do Idoso Cantinho do Aconchego

Shampoo, sabonete líquido, hidratante, fralda e colônia. Esses são alguns dos produtos dos…