Ciro não pretende reforçar publicamente apoio a Haddad

Terceiro colocado na disputa presidencial deste ano, Ciro Gomes, do PDT, não pretende reafirmar apoio à candidatura de Fernando Haddad, do PT, no segundo turno. Em conversas reservadas, ele tem dito que já fez o aceno que deveria ter feito e que continuará se posicionado nas redes sociais contra o candidato Jair Bolsonaro, do PSL.

Na Itália, para onde viajou após o primeiro turno, ele não avisou ao seu grupo político quando retornará. Segundo relato de aliado, ele disse apenas que estará no Ceará no dia 28, no segundo turno presidencial. Nesta segunda-feira (15), o coordenador da campanha petista, senador eleito Jaques Wagner (PT-BA), disse que espera um apoio mais contundente a Haddad por parte de Ciro.

“Alguém me disse que ele voltaria antes e anunciaria o apoio mais contundente”, afirmou. No Ceará, no entanto, o senador eleito Cid Gomes (PDT), irmão de Ciro, já informou que fará campanha para Haddad, ao lado do governador reeleito Camilo Santana, do PT. (Folha PE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

 Comando de Policiamento da Região Norte presta apoio na distribuição de   vacinas contra a covid-19  em Juazeiro (BA)  e outros 52 municípios 

O Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN), está auxiliando a Secretaria de Saúde do…